A importância de fazer frequentemente uma cópia de segurança

Fazer uma cópia de segurança dos dados é um procedimento indispensável para o bom funcionamento dos computadores. Também chamado de backup, este procedimento é uma medida de prevenção. Para além disto é a única forma de recuperar informações em caso de problemas no hardware ou no software.

Todos armazenamos diversos arquivos e informações importantes no computador, fotos, imagens, textos, entre outros. Para não perder estes dados as cópias de segurança são fundamentais.

Se ainda não está convencido, continue a ler este artigo e descubra a importância de fazer frequentemente o backup dos arquivos.

Cópia de segurança: O que é e porque devo fazer?

Cópia de segurança não é nada mais do que a cópia de dados de um dispositivo de armazenamento para outro. Assim torna possível a restauração em caso da perda dos dados originais, o que pode envolver problemas acidentais ou corrupção de dados.

Conforme mencionado, todos armazenamos muitas informações importantes em equipamentos eletrónicos. E, tal como qualquer outro produto, são passíveis de apresentarem defeito.

Quando o defeito acontece no disco ou no circuito elétrico que acede às informações destas, as informações gravadas podem ficar corrompidas ou inacessíveis. Isto faz com que sejam perdidas para sempre.

Quase ninguém tem a noção da importância da cópia de segurança até ao momento em que acontece um desastre e perdem as informações.

Veja a seguir outras vantagens de fazer o backup regularmente dos seus arquivos.

1 – Poupe espaço no computador

A tecnologia tem evoluído cada vez mais rápido. A capacidade de armazenamento dos equipamentos eletrónicos aumentou nos últimos anos, e em contrapartida, as velocidades de conexão também, facilitando o download de arquivos diversos.

Boas câmaras digitais também suportam arquivos cada vez maiores e, diante disso, encher um disco rígido de 1 Terabyte não é uma tarefa assim tão difícil.

A prática regular de cópia de segurança pode ajudar a poupar espaço, deixando disponível apenas o que é realmente necessário.

Filmes, fotos e músicas, muitas vezes podem ficar guardados numa pen, DVD ou HD externo. Assim têm uma melhor organização, aumenta a capacidade de armazenamento e melhora o desempenho do computador.

2 – Sem risco de perder arquivos

Todos os dispositivos eletrónicos podem, em qualquer momento, ser vítima de uma falha ou acidente como cair água na máquina ou até mesmo uma descarga elétrica.

Da mesma maneira, o sistema operativo pode ser corrompido, atacado por um vírus ou os dados podem ser excluídos por um mero descuido.

Com os dados armazenados num dispositivo externo, garantirá que, mesmo em caso de falha, acidente ou invasão ainda terá acesso a todas as informações. Isso serve para utilizados domésticos e, principalmente, corporativos.

Ações simples, como assistir a um filme via USB na televisão ou ouvir música no rádio do carro, são comuns no quotidiano da maioria das pessoas. Isso é possível quando realizamos backups.

Ter os arquivos sempre disponíveis, mesmo quando não está perto do computador, é extremamente prático e pode ajudar na vida pessoal, académica ou profissional.

3 – Previna-se de ataques cibernéticos

Ransomware é um dos ataques digitais mais temidos por empresas e utilizadores domésticos.

Trata-se de um vírus que usa um processo de criptografia para, literalmente, roubar todos os dados do computador, e só são libertados mediante o pagamento de um resgate.

Em qualquer momento, qualquer pessoa pode sofrer um ataque deste tipo e, novamente, possuir uma cópia de segurança é a única opção para sair ileso dessa situação.

Em quais dispositivos devo fazer cópia de segurança?

Existem vários meios de armazenamento que permitem fazer backup dos dados. Vale a pena relembrar que o espaço físico onde o backup está armazenado também deve ser seguro. Os utilizadores podem optar por diversas opções, como:

  • Disco rígido – Ter um disco apenas para este fim é uma boa dica. O ideal é que seja um HD externo, mas caso seja interno, deve ser fisicamente diferente daquele usado para iniciar o sistema operativo.
  • Dispositivo de armazenamento USB – É aconselhável usar uma pen drive exclusivamente para backup. No entanto, é importante ser cuidadoso, pois podem ser frágeis ou facilmente perdidos devido ao seu tamanho.
  • Meios óticos (CD/DVD/BLU-RAY) – Estes são mais suscetíveis a danos físicos, como arranhões, que podem corromper os dados. Recomenda-se armazenar as informações em mais do que um meio ótico, no caso de ocorrer alguma falha.
  • Nuvem Tem a vantagem de facilitar o acesso a informações de praticamente qualquer lugar. No entanto, é importante considerar as políticas de uso do serviço escolhido e os sistemas de proteção que usa para proteger os dados.

Percebe a importância de fazer uma cópia de segurança dos dados regularmente? Programe-se para atualizar sempre os backups dos arquivos e nunca mais tenha problemas para acedê-los.

WebSite com CRM Gratuito!!

Solicite o seu contacto, sem compromisso.