O que é a licença de software e qual a sua importância?

Fazer downloads de aplicações e programas na Internet já faz parte do nosso dia-a-dia. O que consequentemente tornou a licença de software em algo essencial.

Na gestão atual de IT das empresas, além dos desafios triviais relacionados à transformação digital, outra prioridade é a gestão das softwares que são utilizados.

E, dentro deste aspeto, a licença do programa é algo importante que deve ser feito conforme as regras de utilização da aplicação.

Isso porque, na prática, investir neste tipo de licenciamento ajuda a manter segura toda a infraestrutura do negócio.

Apesar de parecer uma premissa básica, nem todos os gestores cumprem com esta obrigatoriedade.

Por este motivo, decidimos partilhar consigo a importância de investir no licenciamento de programas e aplicações.

Licença de software: O que significa na prática?

De forma simplificada, a licença de software nada mais é do que um documento – digital, na maioria das vezes – que assegura o direito ao acesso, execução e modificação de uma aplicação.

Ou seja, é através deste documento que as empresas que criam softwares conseguem manter o controlo da utilização das suas criações.

Deve estar a perguntar-se: e por que esta é uma atitude importante?

Ter a licença protege o negócio legalmente. Desta forma, não correrá o risco de sofrer punições por fraudes ou violar os termos de uso de um determinado programa.

Este torna-se o principal motivo pelo qual deve investir no licenciamento dos softwares utilizados pela empresa.

Afinal de contas, esta também é uma forma de reconhecer todo o trabalho despendido pela equipa criadora.

A licença de programas é uma forma de proteger a infraestrutura da empresa

Como já vimos, a licença de software é algo essencial para não violar os termos do contrato de utilização.

Sendo assim, podemos afirmar que há grandes diferenças em utilizar um software licenciado em face de um pirata.

Pois, um programa licenciado garante ao utilizador final que possíveis vulnerabilidades e falhas serão corrigidas através de atualizações. Algo que o software pirata não é capaz de fazer.

Além disso, a licença pode ser vista como uma forma legal de pedir apoio à empresa desenvolvedora o suporte adequado para que o software funcione como o esperado.

Isso sem citar o risco a que o setor de IT do negócio pode estar submetido. Afinal, há um grande risco de que estas vulnerabilidades sejam facilmente acedidas por hackers.

Dessa forma, correrá o risco de perder dados e informações relevantes para a empresa.

E, todos nós sabemos que a segurança da informação é algo crucial para qualquer negócio nos dias de hoje.

Portanto, contar com soluções não licenciadas pode comprometer todo o ecossistema da sua empresa.

A licença de software tem uma relação direta com questões jurídicas, credibilidade da marca e segurança com os dados sensíveis do negócio.

Sabia que a Webtech possui as melhores soluções de softwares para a sua empresa? Entre em contacto connosco e obtenha mais informações. Estamos à sua disposição!

WebSite com CRM Gratuito!!

Solicite o seu contacto, sem compromisso.