A tendência é crescente: as carreiras profissionais que envolvem serviços digitais, computadores e internet estão cada vez mais em alta. Com isso, podemos afirmar que a profissão de programador web é a carreira do presente e também do futuro.

Quanto mais os negócios, profissões e especialistas migram para a internet (ainda que as suas operações continuem offline), mais o mercado digital se expande.

Algumas das aplicações mais populares das técnicas de desenvolvimento web são: o desenvolvimento de sites cada vez mais intuitivos e sofisticados, uso de bancos de dados, APPs, construção de interfaces e criação de algoritmos.

Nesse sentido, preparamos este artigo para lhe explicar o que faz um programador web. Saiba tudo de seguida!

Programador web: Saiba quais são as suas funções e responsabilidades

Na prática, um programador web é o profissional responsável por realizar o desenvolvimento de websites na internet.

Ou seja, planeia, constrói e garante a manutenção de tudo o que envolve uma plataforma web. Este profissional também precisa de garantir que tudo funciona de acordo com o esperado.

Também chamado de web developer, normalmente, é comum dividir-se as suas áreas de atuação em dois segmentos: Front-end e Back-end.

Front-end — Trata de toda a parte que podemos efetivamente ver num site, a chamada “camada gráfica”.

A sua maior preocupação é a experiência que o utilizador tem ao fazer uma visita, tratando desde o layout até pequenos detalhes de menus e rodapés, por exemplo.

Costuma trabalhar com HTML, CSS e JavaScript.

Back-end — Este é o profissional responsável pelo servidor que hospeda um determinado site, garantindo que os dados enviados para o navegador estão corretos.

Deve seguir as boas práticas de segurança de dados, para evitar incidentes digitais.

Portanto, o programador web especializado em back-end costuma dominar SQL, MySQL e PostgreSQL.

Para os profissionais que possuem conhecimentos em ambas as áreas, existe o programador web Full-stack.

É importante lembrar que o profissional full-stack não precisa de ter um conhecimento extremamente avançado em tudo o que está ligado ao desenvolvimento web.

O mesmo deve conhecer um pouco de cada área, para garantir uma boa comunicação entre a equipa e, também, para cumprir um papel flexível, caso seja necessário.

A tendência atual de mercado, é que os profissionais emergentes tenham conhecimentos em ambas as vertentes, de forma a serem mais versáteis.

Como é a carreira de um programador web?

Não há uma resposta universal a esta pergunta, uma vez que as possíveis carreiras dentro do mercado do desenvolvimento web podem ser muito diversificadas.

A verdade é que, por exemplo, as funções de um profissional de infraestrutura são muito diferentes das de um programador especialista em front-end, por exemplo.

Contudo, o maior ponto comum entre ambas as especialidades está na necessidade de atualização constante.

Além disso, há uma grande comunidade global que se apoia mutuamente, através de diversos fóruns e de redes sociais pela Internet.

Em geral, o mercado de trabalho nas áreas que envolvem tecnologia e informática está muito bem lançado, por isso, não seria diferente para o programador web.

Há mais vagas abertas do que profissionais para as ocupar, principalmente nas pequenas e médias empresas.

Mas, não se esqueça. Para entrar neste mercado, é preciso ter boas qualificações.

Na Webtech acreditamos que uma sólida presença digital é essencial para qualquer empresa que deseje manter-se competitiva no mercado. E a criação de websites é, sem dúvida, o primeiro passo para esta conquista.

Neste sentido, conte com os nossos programadores web para elevar o seu negócio a outro patamar!

WebSite com CRM Gratuito!!

Solicite o seu contacto, sem compromisso.