6 motivos pelos quais não deve criar site sozinho

Ter uma presença digital é fundamental para qualquer tipo de negócio nos dias de hoje. Além de contar com páginas em redes sociais, é preciso criar site para possibilitar mais um canal de acesso ao público.

Atualmente, apesar de já existirem soluções que tornam simples a criação desta ferramenta, ainda há problemas em fazer esse tipo de trabalho sozinho. E pode ter a certeza que um site mal feito vai comprometer a imagem da sua marca.

Para não cometer este tipo de erro e ter de lidar com as consequências, veja no artigo 6 motivos pelos quais não deve criar um site sozinho.

Criar Site: 6 erros mais comuns ao dispensar o auxílio de um profissional

A internet está repleta de tutoriais sobre tudo, portanto, não é muito difícil encontrar aqueles com instruções para criar site. Mas será que é assim tão fácil? Dizemos-lhe já que a resposta é não!

Muitos empreendedores ao tentarem economizar recursos no momento de construir um site para a empresa, acabam por criá-los sozinhos.

Contudo, sem conhecimento técnico para tal, corre o risco de prejudicar a evolução do negócio. Ainda não percebeu porque não deve criar um site sozinho?

Então confira os 6 erros mais comuns cometidos por amadores e que podem prejudicar a imagem e os resultados de uma empresa.

1 – Não pensar em SEO 

Quando um utilizador procura por um termo relacionado ao seu negócio, aparecer nos resultados de pesquisa vai garantir mais acessos e mais evolução. Esta estratégia é conhecida por SEO.

Aparecer no topo do ranking de pesquisas, como o Google, não é tarefa fácil. Ao longo do tempo pode até tornar-se ainda mais difícil se não souber otimizar o site para que seja encontrado pelo seu público.

2 – Experiência de navegação negativa

Para que o utilizador tenha uma boa experiência de navegação, é preciso que o site seja rápido e intuitivo. Se a sua página demora a carregar e possui um layout confuso, é quase certo que ninguém vai passar mais de 1 minuto no site.

Estes problemas são resultado da falta de otimização e atualização da página, o que muitos amadores não levam em consideração ao criar o site.

3 – Site não responsivo

Um site responsivo é aquele que proporciona boa visualização aos visitantes em qualquer dispositivo. Ou seja, que se adapta a diferentes tamanhos de ecrã, como computadores, smartphones e tablets.

O smartphone já é o meio de acesso à internet mais utilizado. Se escolher não fazer esta adaptação é provável perder mais de metade dos possíveis interessados nos seus produtos ou serviços.

4 – Falta de planeamento ao criar site

A falta de planeamento pode referir-se a diversos aspetos, entre eles estão:

  • Falta de estratégias para a criação do site, contemplando qual será a sua proposta
  • Recursos que deve conter
  • Detalhes operacionais e de manutenção
  • Aspetos de administração
  • Entre outros

Estes elementos são fundamentais para criar site, e na maioria das vezes exigem conhecimento técnico para serem executados. Sem isso, o site estará condenado ao fracasso.

Como poderá medir o resultado de um site se não sabe exatamente o que quer dele?

5 – Não ter atenção à aparência

É importante saber que um programador de sites profissional estudou muito para compreender como deve ser a aparência de um site de acordo com o público que deseja atingir.

São muitos os fatores que contribuem para a estética do site, temos como exemplo:

  • Conjunto de cores
  • Fontes usadas, e o tamanho e cores
  • Menus
  • Botões
  • Ícones
  • Imagens
  • Layout

Percebe que não basta colocar uma imagem bonita?

6 – Cuidados com segurança ao criar site

Os utilizadores estão cada vez mais preocupados com a proteção das suas informações online e já sabem como verificar se um site é seguro ou não.

Por isso, é fundamental pensar em incluir um certificado SSL, de modo a garantir que o seu site fornece uma transmissão segura de dados. Deve adicionar símbolos para deixar claro que a sua empresa leva a segurança dos visitantes e clientes a sério.

Quem cria um site sozinho na maioria das vezes deseja economizar. Por este motivo acaba por não obter os certificados de segurança, comprometendo a qualidade e credibilidade da página.

Percebe como criar site envolve muitos fatores técnicos, que quando negligenciados afetam os resultados do seu negócio? Contratar um profissional não é um custo, mas sim investimento! E, no final, verá que valeu a pena ao ter um bom retorno em vendas e aumento nos lucros.