fbpx
 

Archive

5 cuidados a ter ao registar um domínio

Escolher o domínio do seu site é um dos pontos estratégicos mais importantes de uma empresa que está a entrar no mercado. Apesar de parecer algo simples, registar um domínio erradamente pode prejudicar o seu posicionamento no Google, o volume de tráfego no seu site e, consequentemente, as suas vendas.

Para não cometer erros que possam afetar o desempenho do seu site, elaboramos este artigo com 5 cuidados a ter ao registar um domínio. Conheça-os.

Registar um domínio: 5 cuidados essenciais a ter

É interessante começar este artigo a explicar o que é o domínio. Em termos simples, o domínio é o endereço de um site, que geralmente é composto pela marca ou nome da empresa que o deseja promover.

Para esclarecer melhor, o domínio da sua marca ficaria da seguinte forma: nomedasuamarca.com

Ou seja, o domínio é a morada da sua empresa online. E cada morada é única. Por isso, é tão importante a sua escolha.

Agora que já sabe o que é um domínio, conheça 5 cuidados que deve ter ao registar o seu.

1 – Seja claro e objetivo

O domínio deve ser um caminho rápido e simples de lembrar. E, por isso, precisa garantir que vai escolher algo curto e claro.

Domínios demasiado longos caem no esquecimento do público e fazem com que os consumidores não cheguem até ao seu website. Portanto tenha bastante cuidado na escolha do nome do seu domínio.

2 – Cuidado com a junção de palavras

Se for usar duas palavras, pense em como elas vão ficar quando digitadas juntas. Por exemplo, no domínio www.floressantos.com é possível que o consumidor tenha uma confusão momentânea com a letra “s”.

Além disso, esse tipo de domínio também pode fazer com que tenha que deixar claro qual é o nome correto do seu site. E, isso pode-se tornar cansativo com o tempo.

Na dúvida, é melhor prestar atenção à junção das palavras antes de registar o domínio.

3 – Renovação do domínio

Não se esqueça que deverá renovar o seu domínio anualmente, caso contrário estará a correr o risco de perder a sua propriedade.

Isso porque é possível que o domínio seja posteriormente registado por outra pessoa.

Se o seu domínio for internacional o processo de solicitação de recuperação pode ser mais caro do que imagina. Portanto, não dê asas a que isso aconteça e faça a renovação do mesmo atempadamente.

4 – Cuidado com domínios já registados

Se está a construir uma marca e não consegue registar o domínio, é melhor ficar atento, pois isso pode significar que o nome já está registado.

Mesmo que digite o endereço no navegador ou no Google e não apareça nada, pode haver a probabilidade de outra pessoa estar a construir uma marca com o mesmo nome.

Por isso, é importante fazer uma pesquisa minuciosa para saber o que pode ou não pode usar como endereço de URL.

5 – Utilize extensões

Pode ser desanimador enfrentar um problema como o descrito acima, ou seja, quando a sua marca já tem um domínio registado. Mas existem alternativas bastante interessantes para resolver essa questão, que são as extensões.

As extensões podem ser disponibilizadas por algumas empresas de alojamento. Estas oferecem opções de domínio específicos e alternativos que proporcionam uma nova gama de endereços inéditos para que possa fazer o seu registo.

Registar um domínio é muito importante para qualquer empresa que deseja transmitir credibilidade e profissionalismo aos seus clientes. Não deixe de registar o seu e construa uma imagem mais sólida da sua marca e do seu negócio.

A importância da sua empresa cumprir as normas do RGDP

O RGPD – Regulamento Geral sobre a Proteção de Dados é um conjunto de normas publicadas oficialmente pelo Parlamento Europeu em maio de 2016. Porém, só entrou em vigor em maio de 2018.

O seu principal objetivo é introduzir um novo regime sobre a proteção de dados pessoais, de modo a proteger o cidadão face ao tratamento dos seus dados privativos em larga escala por grandes empresas e serviços da sociedade da informação.

Se tem uma empresa e ainda não se adaptou às normas do RGPD, então é hora de conhecer mais a fundo este tema para regularizar o seu negócio.

Continue a ler e conheça as principais informações sobre o Regulamento Geral sobre a Proteção de Dados, e a importância do seu cumprimento.

O que é e como se adequar às normas do RGPD

Com a massificação dos meios de telecomunicação e o avanço da internet, o volume de dados recolhidos, armazenados e sistematizados por empresas e órgãos das mais diversas esferas aumentou consideravelmente.

A rápida evolução tecnológica exigiu que as autoridades criassem um sistema de normas para proteger os dados pessoais e sigilosos dos cidadãos. E, foi assim que surgiu o RGPD.

O regulamento visa trazer maior segurança ao tratamento de dados pessoais. Estes dados consistem basicamente em:

  • Nome
  • Morada
  • Localização
  • Informação de saúde
  • Rendimentos
  • IPs de dispositivo
  • Dados de cartões de crédito

Portanto, todos os que são responsáveis por uma empresa que recolhe, armazena ou usa este tipo de dados deverá cumprir as regras do regulamento.

Como uma empresa se pode adaptar ao RGPD

Para que uma empresa atue em conformidade com as normas, deverá cumprir alguns requisitos procurando um relacionamento mais transparente com o utilizador que fornece os seus dados pessoais. Por exemplo:

  • Comunicação – Através de uma linguagem compreensível, é preciso informar os seus clientes sobre o motivo pelo qual precisa dos dados, durante quanto tempo serão armazenados e quem os irá receber
  • Consentimento – O cliente deve dar o seu consentimento de forma clara e inequívoca para o tratamento dos dados através de declaração ou outro ato positivo
  • Exclusão dos dados – A empresa deverá apagar os dados pessoais das pessoas sempre que solicitado
  • Marketing – Qualquer pessoa tem o direito de optar por não receber ações de marketing direto
  • Direito de acesso – Qual pessoa tem o direito de conhecer todos os dados obtidos e qual o seu tipo de utilização
  • Direito de retificação – Qualquer pessoa pode solicitar que as suas informações sejam atualizadas ou corrigidas
  • Proteção de dados sensíveis – Tenha salvaguardas extraordinárias para informações sobre saúde, raça, orientação sexual, religião e convicções políticas.
  • Notificação obrigatória de violação de dados – Os responsáveis pelo controlo de dados têm de notificar as autoridades de controlo locais – CNPD, em Portugal – até 72 horas após tomarem conhecimento do facto.

É importante frisar que em casos de violação grave dos dados todos os envolvidos precisam ser notificados.

O que ocorre caso haja incumprimento das normas

De acordo com o Regulamento Geral de Proteção de Dados a aplicação de coimas pode ser bastante severa para as empresas que não cumprirem os requisitos da legislação. As sanções baseiam-se em dois escalões, em função da gravidade:

  • Os casos menos graves, a coima poderá ter um valor até 10 milhões de Euros ou 2% do volume de negócios anual a nível mundial, consoante o montante que for mais elevado
  • Os casos mais graves, a coima poderá ter um valor até 20 milhões de Euros ou 4% do volume de negócios anual a nível mundial, consoante o montante que for mais elevado

Alguns exemplos de ocorrências menos graves são falhas no cumprimento de exigências técnicas ou organizacionais. Nomeadamente: falha na comunicação de violações das suas bases de dados ou falta de certificações.

Já as ocorrências mais graves podem ocorrer pelo desrespeito ao consentimento dado pelo utilizador, ou à transferência de dados pessoais para outros países ou organizações que não assegurem um determinado nível de proteção de dados.

Como pode observar, estar de acordo com as normas do RGPD é fundamental para qualquer empresa.

Lembre-se que o cumprimento das normas não significa ter que acatar somente mais uma burocracia. Significa sim proteger os dados pessoais dos cidadãos, já que a segurança destes dados se tornou uma prioridade na era digital. Se precisar esclarecer alguma dúvida sobre este tema, não hesite em contactar-nos. Temos um consultor dedicado somente a esta temática.

7 dicas simples para verificar links suspeitos

Quando navega em sites pouco conhecidos, basta um deslize para que o seu computador seja contaminado por programas maliciosos. Por isso, é essencial verificar links suspeitos para escapar destas situações que podem trazer-lhe imensos prejuízos.

Mas como se certificar de que um link aparentemente inofensivo não é uma armadilha? Para descobrir essa resposta, continue a ler este artigo. Deixamos-lhe 7 dicas simples para verificar e se proteger de links potencialmente maliciosos.

Links suspeitos: 7 dicas para evitar problemas

É importante atestar a veracidade de um site quando pretende comprar um produto, realizar transações financeiras ou fornecer dados pessoais.

Sites falsos são usados, geralmente, para crimes cibernéticos. Ou seja, roubar dados bancários, senhas ou facilitar a invasão do computador para ataques posteriores.

Dessa forma, todo cuidado é pouco para se proteger dessas armadilhas. Conheça estas 7 dicas para verificar links suspeitos, e passe a navegar de maneira mais segura.

1 – Tenha um bom antivírus no seu equipamento

A primeira regra é contar com um bom antivírus instalado na sua máquina.

Softwares que oferecem proteção à navegação, evitam que entre em sites perigosos. Ao clicar no link, um alerta será disparado imediatamente. Assim, terá tempo para bloquear a ameaça antes que seja tarde demais.

2 – Analise o link e o domínio

Se recebeu um link por mensagem e tem dúvidas sobre da identidade do site, esteja atento ao domínio.

O domínio é a parte central do endereço, de onde derivam todos os outros do mesmo site.

Neste exemplo de endereço domínioseguro.com, se esse domínio (domínioseguro) estiver no início do link, por maior que seja, é provável que a URL seja autêntica.

Leia com cuidado o link e desconfie de caracteres estranhos, como o número “1” no lugar da letra “l”, por exemplo.

3 – Verifique se a conexão é segura

Se estiver a navegar numa loja virtual, veja se ao lado do endereço, na barra do browser, aparece um cadeado.

Essa figura indica que a página é certificada (tem certificado SSL) e que os dados são criptografados. Atualmente, todas as lojas virtuais adotam este tipo de medida de segurança.

Se a figura não estiver presente, o site pode ser falso. Antes do endereço, deve também aparecer “https://”, em vez de http://, este é outro indicador de que a loja é segura.

4 – Procure selos de segurança

Além do selo de HTTPS, sites que lidam com informações bancárias costumam ter certificados de criptografia.

McAfee, Google Trusted Store, PayPal, são alguns dos certificados conhecidos que podem surgir.

Para se certificar de que são verdadeiros, clique sobre as imagens e veja se o site mostra em detalhe o serviço de segurança oferecido pela entidade. Em páginas falsas, esses selos não são clicáveis.

5 – Passe o rato sobre o link

Uma das artimanhas adotadas por criminosos virtuais é dizer que determinado link vai para um lugar, mas na realidade vai para outro.

Leia o texto que aponta para o site e passe o rato sobre ele, sem clicar, na parte inferior do navegador. Assim, verá se a página para onde será direcionado é a que está descrita. Se tiver alguma dúvida, não clique.

6 – Fuja de anúncios invasivos

Mesmo que o site seja seguro, é importante prestar atenção ao comportamento das páginas.

Se a sua conexão estiver comprometida, o que pode acontecer ao usar um Wi-Fi público, sites idôneos podem mostrar conteúdo injetado por hackers para tentar enganar vítimas.

Nesses casos, não vê as páginas reais, e sim versões modificadas por criminosos.

7 – Faça uma pesquisa no Google

Caso a dúvida persista, outra dica simples é fazer uma pesquisa no Google. Assim, identifica o nome da loja ou instituição que deseja encontrar e obtém o link correto logo nos primeiros resultados.

Como o Google alimenta o ranking com variáveis de reputação, sites falsos dificilmente aparecem no topo das pesquisa.

Em caso de lojas e outros estabelecimentos comerciais, o Google costuma exibir os dados principais num cartão informativo com botões para telefone, morada e site. Utilize essa fonte para garantir que está a navegar numa página real.

Agora que já sabe como verificar links suspeitos, não deixe de aplicar estas dicas no seu dia a dia, e navegue de forma mais segura.

6 motivos pelos quais a sua empresa deve utilizar um email profissional

É através do email que se dá a maior parte da comunicação empresarial. Seja em relação às diversas etapas do negócio, ou até mesmo na comunicação interna da equipa.

Independentemente do porte da empresa, o email profissional é usado em muitas atividades diárias. É através dele que a empresa pode receber documentos, entrar em contac/to com fornecedores, realizar marcações, enviar propostas comerciais…

Por isso, é crucial utilizá-lo para agregar valor ao seu negócio, e fortalecer a presença online. Isso porque hoje em dia os consumidores procuram por produtos ou serviços através da internet.

Devido à sua importância, apresentamos-lhe neste artigo 6 motivos pelos quais deve utilizar um email profissional na sua empresa. Acompanhe.

Email profissional: 6 motivos pelos quais o deve utilizar

Primeiramente, é importante diferenciar um email profissional de um email pessoal.

Os emails pessoais são aqueles que utilizam servidores já conhecidos, como o Gmail, por exemplo. Nestes casos, ao criar um email utilizará o nome do provedor: asuaempresa@gmail.com

Já os emails profissionais são aqueles que têm o nome do domínio da sua empresa, como por exemplo: contato@asuaempresa.com.

Veja agora 6 motivos pelos quais deve criar um email profissional para o seu negócio.

1 – Gera mais credibilidade para o negócio

Imagine receber um email com um assunto profissional de um email pessoal. Um pouco estranho, certo?

Por isso, o email profissional proporciona mais credibilidade ao seu negócio. Pois está a utilizar um endereço próprio para tratar de assuntos estritamente profissionais.

Contar com este tipo de email mostra que a sua empresa é comprometida com a qualidade da comunicação com o cliente.

2 – Maior reconhecimento

Pode parecer um recurso simples, mas quando cria um email profissional, está a divulgar a sua marca e a produzir um valor simbólico.

Assim, constrói o reconhecimento da empresa, que passa a ser vista e relembrada por (potenciais) clientes.

3 – Mais segurança na comunicação

A internet está repleta de armadilhas, e muitas delas são enviadas através de e-mails. Uma das mais comuns consiste no envio de faturas falsas em nome do gestor da empresa.

São emails enviados a solicitar pagamentos, mas que vão direto para a conta dos golpistas. Portanto, é imprescindível investir em soluções que concedam mais segurança e controlo na comunicação.

O email profissional pode proporcionar essa segurança. Isso porque irá contar com os serviços de alojamento, que apresentam mecanismos de proteção mais elaborados.

4 – Aumento na produtividade

O compartilhamento de informações e o acesso rápido aos dados armazenados tendem a aumentar a produtividade das equipas. O email profissional contribui nesse quesito.

E é claro que ter mais produtividade é o objetivo de qualquer negócio, independentemente do seu tamanho. Por isso esse tipo de email deve ser adotado por empresas de qualquer porte.

5 – Estratégias de Marketing

O Email Marketing ainda é um dos melhores canais de relacionamento com os clientes na internet. E, o seu principal benefício é oferecer volume e objetividade.

Utilizar um email profissional para realizar as ações estratégicas de marketing, indica que a sua empresa é comprometida com a comunicação e ajuda na identificação da marca pelo cliente.

6 – Espaço de armazenamento

Esse recurso é muito valioso visto que na maioria das empresas todos os e-mails de negócios são guardados. Assim podem ser consultados futuramente se necessário.

Ficar sem receber e-mails por que a caixa de entrada está cheia não é nada agradável. Sem falar que é possível perder um (ou vários) negócio por causa de um e-mail não respondido.

Muitos dos serviços gratuitos proporcionam um espaço muito limitado para guardar os seus e-mails. Principalmente se costuma receber muitos anexos.

Quando adquire um e-mail profissional, pode contar com um espaço de armazenamento muito maior, suficiente para não se preocupar com esse tipo de coisa por pelo menos 2 anos.

Por tudo isso, criar um email profissional é de grande importância para quem deseja destacar-se no mercado e perante a concorrência. Não perca tempo e crie o seu também!

 

Deve ou não criar App para o seu negócio

Os dispositivos mobile estão cada vez mais populares, assim como as conexões móveis de alta velocidade. Smartphones e tablets tornaram-se a porta de acesso a conteúdos online para um número cada vez maior de pessoas.

Isso mudou radicalmente a maneira como as pessoas lidam com as empresas e compras online. Antes ter um site e uma conta de e-mail eram o suficiente para manter relacionamentos nos meios digitais. Assim, a grande maioria das empresas não precisava criar App.

Porém, atualmente é fundamental o investimento em mecanismos de contato multicanais. Nesse cenário, a adoção de aplicações mobile personalizadas pode ter um impacto direto nas receitas da empresa.

Para saber mais sobre este assunto, leia este artigo, e conheça ainda 5 vantagens que o vão convencer que deve criar App para o seu negócio.

Criar App : 5 vantagens associadas a esta ferramenta

Os computadores foram ferramentas fundamentais para o desenvolvimento da internet, sendo a porta de entrada da maioria das pessoas no universo digital.

Entretanto, com o avanço das tecnologias, é possível navegar pela rede em dispositivos que cabem na palma da mão, e podem ser levados para qualquer lugar.

Isso fez mudar o perfil de quem quer comprar produtos ou serviços pela internet. E se pensarmos nas mudanças, hoje a maioria do público prefere a comodidade da navegação em smartphones ao invés de computadores.

Portanto, quem deseja adequar-se a essa nova realidade deve considerar criar App para o seu negócio. Essa vai servir para conquistar este novo perfil de cliente e assim alavancar ainda mais o seu negócio.

Veja agora 5 vantagens de se ter uma aplicação mobile personalizada para o seu negócio.

1 – Maior visibilidade no mercado

Aumentar a visibilidade na sua área de atuação é crucial para qualquer empresa. Esse é o motivo pelo qual o investimento em marketing cresce a cada dia.

Lembre-se que se o seu negócio não consegue posicionar-se corretamente diante do seu público-alvo, a probabilidade é que não alcance as suas metas de vendas.

Contar com apps personalizadas, permite que a empresa consiga maximizar a sua visibilidade e aumentar a segurança digital conta ataques informáticos.

Através de uma App, a marca passará a acompanhar o consumidor num dos seus principais dispositivos. Com um clique, o cliente terá acesso a promoções, informações sobre o seu histórico de relacionamento com a empresa e novidades.

2 – Canal direto de vendas

Criar uma App permite que a sua empresa tenha um canal permanente de negócios, que traz todas as vantagens de uma loja online, só que no bolso do seu cliente. Deste modo pode impactá-lo até quando ele estiver longe do computador.

Além disso, não é preciso mobilizar uma equipa de vendas para ficar à disposição do fluxo, uma vez que a app pode encarregar-se de processar muitos dos seus negócios.

3 – Fidelização de clientes

Além de lhe permitir conquistar novos clientes, uma App pode auxiliar a fidelizar os clientes que já possui. Isso porque está a colmatar as necessidades dos compradores, destacando-se entre a concorrência.

Com uma aplicação personalizada consegue garantir o interesse do seu cliente em potencial mesmo que ele esteja sobrecarregado de mensagens publicitárias de outras marcas nos restantes canais de relacionamento.

Isso também vale para os clientes mais fiéis, que contam com mais um recurso para terem contato com a sua empresa.

4 – Processo de venda mais simples

Através de uma App proporciona também aos seus clientes um processo de vendas mais simples e dinâmico. E isso vai impactar diretamente a rentabilidade da empresa.

Esse processo simplificado dá-se pelo fato de que através do smartphone o consumidor pode pesquisar e comprar um produto de forma direta. E isso torna a experiência mais ágil.

A par disso vai eliminar etapas da rotina de compra de um produto, e consequentemente a empresa poderá atingir mais pessoas e garantir fluxos contínuos de receitas.

5 – Comunicação imediata

Um dos principais diferenciais de uma aplicação mobile em relação a outros canais de comunicação são as notificações.

Isso porque se a sua marca possuir uma App, então terá total controlo sobre o envio de mensagens para o seu público. Isso cria um cenário extremamente vantajoso para a empresa.

A comunicação imediata com os clientes através de alertas e notificações permitem deixá-los ciente de promoções, novidades ou o que mais for estratégico para o negócio.

Conhecendo todas essas vantagens, fica claro que vale muito a pena investir na criação de uma App para o seu negócio.

Sem dúvidas, este será um meio de aumentar sua receita e angariar ainda mais clientes.

A importância de ter um certificado SSL no seu site

Mais do que garantir a segurança de um site, usar o certificado SSL oferece muitos outros benefícios. Podemos começar por frisar o favorecimento no ranking de buscas do Google e uma melhor análise do tráfego do seu site.

Sabemos que em sites ou apps que tenham acesso a dados confidenciais, como números relacionados a cartões de crédito ou documentos, o uso do certificado SSL não só é importante… É vital.

Aplicando o protocolo é possível garantir que os dados trocados não serão interceptados a meio do caminho.

Mas, se ainda não está convencido acerca da importância do certificado SSL, continue a ler este artigo. Conheça os benefícios inclusivamente para blogs que não dependem diretamente da troca de dados confidenciais.

Certificado SSL: 5 razões para o ter

Que o certificado SSL permite maior segurança e proteção dos dados do seu site já sabe. Porém, este protocolo pode impactar outros aspectos do seu negócio virtual.

Veja a seguir 5 benefícios associados à utilização do SSL.

1 – Otimização SEO

São diversos os fatores que influenciam na organização do ranking em motores de busca, como o Google. E desde 2014, o SSL foi anunciado como um destes fatores que beneficiam o posicionamento dos sites.

Isso ocorre porque o Google considera a segurança um importante critério para posicionar um site nos primeiros resultados de pesquisas.

Um dos objetivos é combater fraudes, ransomwares e outras ameaças online. Portanto sites com certificado SSL transmitem maior segurança e credibilidade para figurar no topo do ranking do Google.

2 – Valorização da marca

Muitos utilizadores já sabem a importância do SSL mesmo não o conhecendo pelo nome. O fato é que aquele pequeno símbolo do cadeado no canto superior esquerdo transmite maior segurança e confiança.

Ter um certificado SSL comunica respeito à privacidade e cuidado com os dados de navegação de quem visita seu site. E isso promove confiança e estreita laços com o seu público.

Isso é uma forma de valorização da sua marca, já que consumidores que tiveram uma boa experiência de navegação na sua página certamente a irão recomendar a outras pessoas.

3 – Dados Analytics mais assertivos

Sites que não usam HTTPS perdem dados sobre o tráfego que recebem.

Ou seja, se um site que utiliza navegação segura usa um link de referência para um site não seguro, as ferramentas de análise, como o Google Analytics, irão mostrá-lo como um acesso direto.

Isso acontece porque sites HTTP não podem receber dados de referência a partir de sites HTTPS.

Assim, se tem um site que utiliza certificado SSL, será capaz de visualizar esses dados de referência, não importando se os visitantes vêm ou não de um site seguro.

4 – Mais opções de pagamento

Para negócios com formas de pagamento online, o SSL é um recurso indispensável. Isso porque possibilita o oferecimento de mais opções de pagamento aos clientes, como o cartão de crédito, que inclusivamente é o meio de pagamento mais utilizado.

Além de o uso do cartão proporcionar acesso a pagamentos parcelados e sem juros, existe uma segurança inerente associada ao seu uso.

É por isso que a maioria das operadoras de crédito solicita o certificado SSL instalado no site para que seja possível integrar os seus sistemas e oferecer esse método.

5 – Compatibilidade

Mais de 99% de todos os browsers web têm compatibilidade e reconhecem os Certificados SSL. Isso permite um nível maior de segurança em qualquer navegador.

Quem tem um site como fonte de trabalho deve, sem dúvida, investir na instalação do certificado SSL. E, deste modo usufruir de todos os benefícios que este protocolo de segurança pode proporcionar ao seu negócio.

5 dicas para tirar melhor partido do email Outlook

O email Outlook, que está vinculado à Microsoft, é um dos mais utilizados no meio empresarial. Porém nem sempre os utilizadores aproveitam ao máximo as ferramentas disponibilizadas.

E, todos sabemos que ao usufruir dos recursos de forma eficiente é possível organizar ainda mais a rotina colaborativa. Principalmente para quem está em home office.

Hoje em dia é praticamente impossível não ter um endereço de e-mail, seja para o uso pessoal ou no trabalho. E, antes de criar uma conta é preciso estar atento se as funcionalidades oferecidas são adequadas às suas necessidades.

Como temos a certeza que não está a tirar o melhor partido do seu email, elaboramos este artigo com 5 dicas valiosas que o podem ajudar.

Email Outlook: Como aproveitar ao máximo as suas funcionalidades

A principal função do endereço de email é proporcionar a comunicação entre utilizadores ajudando a manter a rotina organizada. Mas para isso é preciso conhecer como estes recursos funcionam.

De seguida damos-lhe 5 dicas sobre algumas funcionalidades do email Outlook que talvez não conheça. Mas, garantimos que vão auxiliar, e muito, no dia a dia.

1 – Utilizar filtros e regras

Regras são filtros automáticos que encaminham e-mails com termos e palavras específicas para pastas de forma automática. Dessa forma, a caixa de entrada fica mais organizada e sem acumular os e-mails recebidos diariamente.

É possível criar regras para as suas mensagens baseadas em diversas variáveis, como por exemplo:

  • Nome do remetente
  • Endereço de email
  • Campos “Para” ou “CC”
  • Assunto
  • Mensagens com anexos

Criado este filtro será possível configurar o email para as mover automaticamente para uma pasta.

Além disso, o filtro permite a sinalização na caixa de entrada, encaminhar as mensagens para um endereço de email, ou até mesmo adicionar/remover uma categoria ou excluí-las completamente.

2 – Criar uma pasta de pesquisa

Existe a possibilidade de realizar pesquisas por determinados emails através da caixa de pesquisa. Porém há uma forma ainda mais eficiente de fazê-lo.

Pesquisas feitas com frequência podem ser configuradas como uma pasta de pesquisa. Por exemplo, é possível configurar uma pasta de pesquisa para visualizar todos os emails de um cliente importante.

Isso torna a pesquisa mais ágil e o ajuda a otimizar o tempo.

3 – Criar pastas de destino para e-mails

Outra forma de manter a caixa de entrada mais organizada é utilizar a ferramenta de criação de pastas. Desta forma poderá a armazenar os e-mails separadamente de acordo com a categoria.

Isso porque para mover emails para determinada pasta é preciso fazê-lo de forma manual.

4 – Partilha de links

O email Outlook também permite a partilha de links de documentos, ao invés de enviá-los como anexo. As vantagens deste recurso são muitas principalmente na poupança de espaço nas caixas de email.

Ao compartilhar um link do OneDrive não é preciso preocupar-se se está a enviar o documento mais atual, já que os destinatários poderão ver as últimas alterações. Além disso, poderá também trabalhar em conjunto em tempo real.

5 – Sinalizar e fixar mensagens

Num dia movimentado, é preciso priorizar os e-mails que serão respondidos imediatamente, e os que podem esperar para mais tarde. O problema é que nem sempre nos lembramos de quais são.

Para evitar este problema, é possível utilizar as ferramentas de sinalizar e fixar disponíveis no email Outlook. Ao sinalizar a mensagem, ela ficará destacada para que o utilizador a visualize com mais facilidade.

Já ao utilizar a opção fixar, a mensagem é direcionada para a parte superior da caixa de entrada, facilitando a visualização e prevenindo que o email passe despercebido.

Com todas estas funcionalidades, o Outlook mostra-se bastante completo. Oferecendo recursos eficientes que facilitam muito o dia a dia dos utilizadores. Ao criar uma conta, não deixe de explorar todas as ferramentas e aproveitá-las ao máximo.

Em que situações deve contratar o serviço de consultoria web?

A verdade é que contar com o auxílio de um consultor pode determinar o sucesso de um negócio. E, é nesse sentido que a consultoria web tem vindo a somar pontos no meio empresarial.

Na era digital praticamente toda a população já está familiarizada com muitas das funções de um computador. E, também com algumas das ferramentas que tornam mais fácil o dia a dia, afinal isso tornou-se indispensável na rotina de home office.

Porém, em algumas situações somente o conhecimento mais básico pode não ser suficiente. Especialmente para quem tem algum tipo de negócio online. Nestes casos, certamente é recomendável contratar o serviço de consultoria web.

Mas, sabe o que faz um consultor, e como ele atua? No artigo a seguir vamos falar tudo o que precisa saber sobre este tipo de consultoria. Leia atentamente, pois, pode ser exatamente o que precisa.

Consultoria web: O que é e quais os seus principais objetivos

O universo digital é cada vez mais competitivo. Portanto, para garantir o sucesso de qualquer negócio neste segmento é preciso sair do lugar comum, e inovar.

Ocorre que nem sempre possuímos o know-how necessário para aplicar estas inovações. Por isso, solicitar a ajuda de um profissional pode ser a melhor solução.

Contar com o serviço de uma consultoria web poderá fazer toda a diferença nos mais diversos tipos de negócio. Entenda o porquê.

Em termos simples, o consultor web será responsável por implementar planos e soluções capazes de revolucionar um negócio.

A partir de uma avaliação das particularidades de cada negócio, o consultor é capaz de traçar planos e objetivos personalizados, de acordo com a realidade de cada cliente.

A partir da elaboração de estratégias, dar-se-á início à implementação dos procedimentos que visam obter o melhor resultado final.

Como a área digital é extremamente ampla, os serviços de consultoria web geralmente contam com uma vasta gama de profissionais, cada qual voltado para uma especialidade. Só assim é possível atender os clientes de forma abrangente.

Como atua a consultoria digital?

O serviço de consultoria web possui um extenso campo de atuação, de forma a auxiliar de maneira determinante e positiva no resultado dos negócios. Veja a seguir alguns segmentos de atuação dos consultores.

1 – Sistema web

A partir de um diagnóstico e planeamento, os consultores estão preparados para elaborar projetos e implementar sistemas web e mobile, cuja finalidade é organizar os vários setores de uma empresa, e otimizar todos os processos internos.

2 – SEO – Search Engine Optimization

A consultoria também poderá realizar o diagnóstico e aprimoramento de websites para mecanismos de busca.

O objetivo é que determinada página possa mostrar-se relevante entre os tópicos pesquisados, aumentando a visibilidade do seu negócio.

3 – Segurança e desempenho

Com a digitalização de diversos processos internos e externos, cuidar da segurança é essencial. Por isso a consultoria web pode ter como atribuição a avaliação de segurança de websites e sistemas web, além da avaliação de performance destes sistemas.

4 – Criação de sites e conteúdos

O site é a porta de entrada de um negócio na internet, portanto deve ser funcional e intuitivo para quem acede. Os consultores especializados cuidam da criação de sites e conteúdos, de forma a garantir uma página atualizada e prática.

5 – Gestão de campanhas

Determinar se uma campanha atingiu um resultado positivo só é feito através da análise minuciosa e adaptação de estratégias de acordo com o cenário atual.

A consultoria web também atua na gestão dessas campanhas para que tenham um bom desempenho e retorno positivo para a empresa.

Estas são só algumas das funções exercidas por consultores web. Mas é simples perceber o quão abrangente pode ser este serviço.

Quem conta com uma equipa de consultores certamente está bem amparado através deste suporte profissional e especializado.

Assim, para inovar e aperfeiçoar uma empresa, investir no serviço de consultoria web com certeza fará toda a diferença.