Cloud server: 6 fatores a considerar na escolha deste servidor

O cloud server, ou serviço de computação em nuvem, tem sido um assunto muito relevante na atualidade.

Isto porque a tecnologia tem revolucionado a forma como as empresas lidam com armazenamento, bancos de dados e outras aplicações.

A escalabilidade também é um fator que torna o cloud computing uma opção muito vantajosa em pequenas e grandes empresas.

Mas, como pode escolher o melhor servidor? Mais à frente explicamos os principais pontos a considerar.

Cloud server: Perceba o que deve avaliar para fazer a escolha certa

A computação em nuvem tem ganho destaque por facilitar a rotina de muitas empresas, além de proporcionar redução de custos.

Criar uma infraestrutura de TI é caro, leva tempo e exige muitos recursos. Contudo, esta solução chegou para simplificar todo este processo.

Os fornecedores deste serviço, disponibilizam toda a infraestrutura, licenciamento e ainda ficam responsáveis pela segurança dos acessos.

Além disso, a nuvem é altamente escalonável, ou seja, é possível adquirir os serviços de acordo com a necessidade da empresa.

Já falamos muito sobre os benefícios da computação em nuvem, mas, sabe o que considerar na hora de escolher o fornecedor?

Para tomar a melhor decisão é preciso analisar requisitos específicos de negócios, disponibilidade do fornecedor em termos de recursos, preços…

De seguida, reunimos os principais pontos sobre os quais deve ponderar antes de contratar um cloud server.

1 – Tecnologias e Suporte

A plataforma de serviços em nuvem ideal deve estar alinhada com o fluxo de trabalho, preferências de gestão e estrutura da empresa.

O primeiro passo é avaliar quais são as necessidades do seu negócio em termos de tecnologia e suporte.

Assim, será mais fácil orientar a sua procura, tendo um objetivo específico em mente.

2 – Segurança de dados

A segurança é um dos principais requisitos que deve analisar. O fornecedor deve cumprir os padrões de proteção mais exigentes e ter a segurança como prioridade.

Assegure-se de que as certificações são todas válidas e de que terá total controlo sobre os dados que são armazenados, processados e geridos.

3 – Confiabilidade e desempenho

Quem opta pelo serviço de cloud server não quer com lidar com grandes períodos de inatividade que prejudicam as operações da empresa.

Neste sentido, pesquise acerca do desempenho do fornecedor, se as situações de inatividades são comuns ou ocorrem com frequência.

Além disso, informe-se sobre a política de ação em caso de imprevistos e como os dados e informações serão recuperadas.

4 – Perfil da organização

Para evitar problemas, pesquise o perfil da empresa que pretende contratar.

Verifique se possui boa reputação, histórico jurídico ou até mesmo violação de dados. Conhecer opiniões e avaliações de outros clientes ajuda muito neste sentido.

Optar pelo serviço mais confiável, aumentará as suas hipóteses de selecionar o melhor do mercado.

5 – O preço

É claro que a parte financeira também influencia esta decisão. Aqui, o segredo é encontrar o fornecedor com melhor custo vs. benefício.

De nada adianta contratar o cloud server mais barato, se os serviços prestados não são satisfatórios.

Da mesma forma, pode ser inviável optar pelos grandes fornecedores se a sua empresa for de pequeno porte.

Há sempre um meio termo que pode atender ao que mais precisa, pelo preço que pode pagar.

6 – Variedade de serviços prestados

Os serviços dos provedores em nuvem não são padronizados, ou seja, é possível optar por aqueles que fazem mais sentido para a sua empresa.

Opte pelo fornecedor que disponibilize todos os serviços essenciais, como infraestrutura, plataforma e software.

Verifique se há também um serviço de suporte para ajudar sempre que necessário.

Ao saber estes aspetos fundamentais, será mais fácil encontrar o cloud server ideal para a sua empresa!

WebSite com CRM Gratuito!!

Solicite o seu contacto, sem compromisso.