Saiba quais são as diferenças entre uma firewall e antivírus

Sabe qual a diferença entre um antivírus e uma firewall? Atualmente, a tecnologia digital já faz parte da nossa rotina, tanto em âmbito pessoal quanto profissional.

Apesar de trazer muita praticidade e comodidade ao nosso dia-a-dia, o mundo virtual também está cheio de riscos, especialmente de ataques cibernéticos.

Felizmente há ferramentas feitas para nos protegermos, como é o caso da firewall e do antivírus. Mais à frente explicamos como funcionam e quais são as principais diferenças entre ambos.

Firewall e Antivírus: Conheça as principais diferenças

Mesmo ambos os recursos sendo bastante comuns e conhecidos na segurança digital, não são idênticos.

É importante conhecer as diferenças para manter a máquina totalmente protegida contra possíveis invasões.

Para ajudar a entender melhor o assunto, vamos explicar quais são as diferenças e como funcionam cada uma destas ferramentas.

O que é e como funciona o antivírus?

O antivírus é a ferramenta mais conhecida quando se trata de segurança digital e sua função é, basicamente, detetar outros softwares maliciosos.

Os vírus são os mais comuns, mas também existem os spywares, os ransomwares

O antivírus atua de forma preventiva, através da análise de ficheiros e programas antes que sejam executados.

Quando uma possível ameaça é reconhecida ou o programa apresenta um comportamento suspeito, o antivírus vai impedir a execução. Consequentemente, também irá sugerir que seja eliminado imediatamente.

Além da função preventiva, o antivírus também atua de forma ativa caso o dispositivo já tenha sido alvo de um malware.

A ferramenta também pode detetá-lo e interromper a execução, possibilitando isolar a causa e eliminar os danos.

O que é e como funciona a firewall?

Apesar de também ser bastante comum, não é tão conhecida pelo público em geral. A ferramenta também está diretamente relacionada com a segurança digital.

Como já mencionamos, a conectividade abriu portas para possíveis invasões por criminosos cibernéticos.

Estes atuam através da instalação de malwares, manipulando os dispositivos remotamente e para cometer crimes.

A firewall vai atuar como uma barreira para impedir o acesso sem permissão à máquina. Enquanto está ativa, qualquer tentativa de acesso feita de forma remota e sem permissão passa primeiro por essa barreira.

Quando tentativas dessa natureza são identificadas, o programa imediatamente interrompe o acesso, impedindo que o criminoso tenha acesso aos dados.

Afinal, qual a diferença entre antivírus e firewall?

Apesar de se tratar de dispositivos de proteção bastante semelhantes, não funcionam da mesma forma.

O objetivo de ambas as ferramentas é impedir atividades e acessos indevidos ao sistema. Porém, cada uma executa essa proteção de maneira distinta.

O antivírus lida principalmente com ameaças criadas por softwares e linhas de código que fazem parte de programas aparentemente inofensivos.

Para isso, são utilizados padrões de reconhecimento nos códigos, diferenciando atividades consideradas comuns de outras que podem ameaçar a máquina.

Além disso, o antivírus apresenta uma lista de programas e ameaças já catalogadas, o que permite uma deteção mais rápida desses problemas, facilitando a gestão de segurança como um todo.

A firewall, por sua vez, lida mais com invasões ativas, as quais são feitas por pessoas que tentam obter dados diretamente no sistema. Portanto, não se foca na instalação de softwares maliciosos.

Para isso, é preciso uma conexão remota para operar a máquina, que dá ao invasor um nome de utilizador e permissões para fazer as mudanças que desejar.

Portanto, a principal diferença está no ponto em que a proteção ocorre.

A firewall atua como uma barreira inicial, determinando quais transferências de dados são autorizadas ou não dentro da rede que o computador está a aceder.

Porém, existem outras portas de entrada que não podem ser fechadas, como e-mails e softwares que exigem conexão online para funcionar.

Nestes casos, o antivírus é usado para fiscalizar o tipo de acesso e garantir que não resultará em roubo de dados ou qualquer atividade prejudicial à máquina.

Agora que já conhece a diferença entre antivírus e firewall, certifique-se que ambos estão sempre atualizados e ativados no seu computador. Só assim pode garantir uma navegação mais segura e proteção de dados.

WebSite com CRM Gratuito!!

Solicite o seu contacto, sem compromisso.